Judiciário oficializa união de trinta e dois casais em Loreto


Casamento comunitário realizado em Loreto – distante 738 Km de São Luís – oficializou a união de 32 casais, em cerimônia realizada na Praça Barão do Rio Branco, centro.

O evento foi organizado pela juíza titular da Comarca, Talita de Castro Barreto.

Na solenidade, o juiz auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça do Maranhão, Júlio Praseres, representou o presidente da Corte, desembargador Cleones Cunha.

Os juízes Arianna Rodrigues de Carvalho Saraiva (titular da Comarca de Passagem Franca); Nuza Maria Oliveira Lima (titular da Comarca de Alto Parnaíba) celebraram a união dos casais. O promotor de Justiça da Comarca, Leonardo Novaes Bastos, prestigiou a cerimônia.

PROJETO – O projeto “Casamentos Comunitários” foi instituído pela Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão no ano de 1999, na gestão do então corregedor-geral, Jorge Rachid.

Destinado às pessoas de baixa renda, o projeto já possibilitou a oficialização de mais de 100 mil uniões em todo o Estado.

Todos os atos de registro civil necessários à realização dos casamentos são gratuitos para os noivos, que são dispensados do pagamento das taxas referentes às despesas cartorárias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário