Fórum de Raposa suspende atividades presenciais para prevenir o contágio por coronavírus


As atividades presenciais do Judiciário de Raposa estão suspensas até o dia 27 de agosto, com possibilidade de prorrogação, com exceção das audiências e sessões de julgamento agendadas por videoconferência.

Estão temporariamente suspensos a visitação pública e o atendimento presencial do público externo, que será prestado por meio eletrônico ou telefônico, como medida de prevenção à eventual propagação do vírus do Covid-19. O trabalho dos servidores lotados na unidade jurisdicional será feito de forma remota, via PJe, Themis PG e Digidoc. 

A decisão foi tomada por cautela, pela juíza Rafaella Saif Rodrigues, diretora do fórum, depois que um dos servidores da secretaria judicial apresentou sintomas semelhantes ao Covid-19, aguardando o resultado do teste PCR, que estará disponível no dia 27/08; que manipulou processos físicos, computador e outros objetos e manteve contato físico com os demais servidores da vara.

Na Portaria nº 3114/2020, a juíza considerou o avanço da crise epidemiológica que impôs medidas de prevenção para preservar a integridade física e a saúde de magistrados, servidores, auxiliares da justiça, advogados, colaboradores e jurisdicionados, bem como a necessidade de reduzir os riscos de exposição e possibilidade de disseminação e contágio do novo Coronavírus.

Por meio do trabalho remoto, a unidade garantirá as condições mínimas para a continuidade da prestação jurisdicional, compatibilizando os serviços com a preservação da saúde de magistrados, servidores, estagiários, colaboradores, agentes públicos, advogados e usuários em geral.


Nenhum comentário:

Postar um comentário