.

Prefeito Eduardo Braide encerra Semana do Meio Ambiente com ação “Orla Limpa”

 

 





Após uma semana de programação, iniciada na terça-feira (1ª) com atividades no Parque do Bom Menino, o prefeito Eduardo Braide encerrou a Semana do Meio Ambiente neste domingo (06) com a ação “Orla Limpa” na Litorânea. Durante o evento o prefeito entregou uma grande lixeira metálica no formato de peixe que foi instalada próximo ao parquinho da Litorânea, onde a população vai poder descartar lixo reciclável. 

A iniciativa visa conscientizar a população da importância de manter a orla limpa e da separação do lixo que pode ser reciclado. Diariamente, a Prefeitura de São Luís recolhe até mil quilos de lixo das praias da capital. 

“As ações realizadas ao longo desta semana envolveram todas as secretarias em um grande pacto pela preservação do meio ambiente. Hoje estamos finalizando a programação com a ação Orla Limpa. Uma ação importante onde foi feita a limpeza da praia tirando garrafas e outros resíduos e como presente para São Luís instalamos na Litorânea um lixeira gigante no formato de peixe para ficar muito claro na cabeça das pessoas a importância da preservação do meio ambiente e de tornar São Luís uma cidade mais sustentável a cada dia. Este é um trabalho permanente da Prefeitura. Queremos que São Luís cresça, mas de forma sustentável e a educação e a consciência ambiental têm que ser permanentes”, destacou o prefeito Eduardo Braide. 

O prefeito Eduardo Braide, que estava acompanhado da primeira-dama, Graziela Braide e dos três filhos - Luís Eduardo, Manuela e Maria Antônia -, da vice-prefeita, Esmênia Miranda e de secretários municipais, convidou a população a escolher o nome do peixe em votação que pode ser feita acessando o QR Code que está disponível em uma placa próxima ao peixe na Litorânea.  Os nomes sugeridos são Eco Peixe, Peixe Pet e Peixe Limpo. O resultado da votação será divulgado nas redes sociais da Prefeitura. 

A vice-prefeita, Esmênia Miranda, enfatizou que a preocupação com a preservação do meio ambiente é permanente e que a Prefeitura tem trabalhado muito neste sentido e que a ajuda da população é muito importante. “Tem toda uma responsabilidade social da Prefeitura com a destinação destes resíduos que são levados ao Centro Ambiental da Ribeira”, disse a Esmênia Miranda. 

Francisca Torres, que mora na Litorânea, elogiou a iniciativa da Prefeitura. “Infelizmente ainda vemos muito lixo nas nossas praias apesar da Prefeitura realizar limpeza diária. Ações como essa são importantes para chamar a população também para participar deste esforço de manter as praias limpas”, disse ao participar da ação de retirada de lixo na orla.

Orla Marítima 

A ação deste domingo, coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) em parceria com o Comitê Gestor de Limpeza da Prefeitura, envolveu agentes de limpeza, populares, servidores municipais e secretários. As atividades começaram com um passeio pela orla onde todos munidos de saco de lixo e com luvas nas mãos recolheram resíduos na areia. Os plásticos, garrafas pet, latinhas, canudos e outros lixos recicláveis foram levados para o peixe onde, após cheio, será recolhido e levado para reciclagem.

O peixe tem capacidade para receber até 50 mil litros de resíduos. As pessoas que passavam pelo local também puderam levar para casa mudas de diferentes plantas que foram doadas pela Prefeitura. 

O presidente do Comitê Gestor de Limpeza, Joabson Júnior, disse que infelizmente milhares de resíduos ainda são descartados de forma irregular nas praias. “Hoje estamos nesta ação de limpeza e também de conscientização da população sobre a importância de destacar de forma correta o lixo. A Prefeitura tem feito sua parte e contamos também com a ajuda da população para termos uma cidade mais limpa e sustentável”, disse.

Entre os secretários presentes no evento, estavam Katia Lima (Meio Ambiente), Saulo Ribeiro (Turismo), Bruno Pereira Trindade  (Urbanismo e Habitação),  Diego Rodrigues (Semit), Marco Moura (Educação), Liviomar Macatrão (Agricultura, Pesca e Abastecimento) e os presidentes do Instituto Municipal de Paisagem Urbana, Walber Pereira e da Agência Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social, Felipe Mussalém.  

Programação 

Durante o evento na Litorânea, a secretária da SEMMAM, Karla Lima, lembrou da extensa programa que marcou a Semana de Meio Ambiente em São Luís. “As atividades foram iniciadas com a assinatura de um termo de compromisso, por todos os secretários, para a adoção de práticas mais sustentáveis dentro das secretarias. Também foi aberta a Sala Verde e um plantio coletivo de mudas no Parque do Bom Menino, além da realização de workshops com diversos parceiros com oficinas de matérias recicláveis, orgânica e compostagem, cuidados de animais de pequenos portes que incluiu vacinação deste animais”, pontou a secretária. 

Ainda como parte da programação, foi realizada a Blitz do Bem e o Plantio do Bem, onde foram trocadas mudas de plantas por alimentos, de forma que a solidariedade e a sustentabilidade caminhem juntas. 

Na abertura da semana, o prefeito Eduardo Braide lançou o programa Papel Zero para dar fim ao uso de papel na tramitação de processos no âmbito da administração municipal. O objetivo é acabar com o uso de papel na tramitação dos processos nas secretarias e demais órgãos da administração municipal até o fim de 2021. Para isso, serão adotadas práticas processuais digitais e medidas em todos os órgãos e setores da Prefeitura de São Luís. 

A Declaração de Comprometimento Ambiental, assinada por todos os secretários municipais, tem com o objetivo a adoção de uma série de medidas sustentáveis nos órgãos da administração municipal para garantir a preservação do meio ambiente. Entre as medidas, estão a destinação correta do resíduo sólido gerado por cada órgão, priorizando a reciclagem.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário