.

Paço do Lumiar - Juíza decreta prisão preventiva de assaltante de motorista de aplicativo

 



Paulo Castro tem prisão preventiva decretada


Em audiência de custódia realizada na manhã desta terça-feira (28), a juíza Manuela Viana dos Santos Faria Ribeiro, da Central de Inquéritos, converteu em preventiva a prisão em flagrante de Paulo Fernando Santos de Castro, acusado de roubo e extorsão mediante sequestro do motorista de aplicativo, S.L.F. 

A ação criminosa ocorreu na tarde dessa segunda-feira (27), em Paço do Lumiar.

Segundo a vítima relatou à polícia, Paulo Fernando estava em companhia de um outro elemento quando anunciou o assalto.

Ainda segundo a vítima, logo após anunciarem o assalto, os bandidos amarraram suas mãos e o colocaram no bagageiro do veículo e lhe deixaram posteriormente em um local ermo.

Ele conta que durante a ação criminosa, a dupla ainda o obrigou a fazer uma transferência no valor de R$ 180, via Pix para a conta de um dos criminosos.

De acordo com a vítima, um dos bandidos ainda exigiu mais R$ 500,00, o que não foi atendido.

Ao ser interrogado pela autoridade policial, o acusado confessou sua participação na ação criminosa e ainda confirmou a versão apresentada pela vítima ao delegado.

Advogado Jefferson Martins

Para o advogado Jefferson Martins, que assumiu na manhã desta terça-feira (28) a defesa de Paulo Fernando, alguns fatos estão obscuros e serão esclarecidos durante a instrução processual.

“Em sede de instrução alguns fatos obscuros serão esclarecidos”, afirmou.

Ao ser questionado sobre os fatos a serem esclarecidos, o advogado respondeu:

- Serão demonstrados durante a instrução. É lá que temos que esclarecer.


Nenhum comentário:

Postar um comentário