.

Leonardo Sá propõe criação de programa de suporte emocional para alunos da rede pública

 



O deputado Leonardo Sá (PL) propõe, por meio do Projeto de Lei 469/2021, a criação do 'Programa de Suporte Emocional para Crianças e Adolescentes nas Escolas Públicas do Maranhão'. O objetivo é prevenir, identificar e tratar transtornos mentais verificados em crianças e adolescentes, considerando, em especial, os agravos advindos da pandemia de Covid-19.

Os impactos da pandemia na infância e adolescência, segundo o parlamentar, têm efeitos diretos e indiretos. Os primeiros estão relacionados às manifestações clínicas em decorrência da doença. Já os indiretos são os mais variados, incluindo prejuízos ao aprendizado e socialização, visto que creches, colégios, escolas técnicas, de idiomas, faculdades e universidades tiveram de ser fechadas. 

O estresse e sua toxicidade associada, conforme Leonardo Sá, afetam sobremaneira a saúde mental de crianças e adolescentes, gerando sintomas de depressão e ansiedade. Eles também sofrem as consequências do impacto socioeconômico nas famílias, com aumento do desemprego. Além disso, enfrentam a fome, devido ao fechamento de escolas e creches, que fornecem merenda escolar.

"Como médico, eu me preocupo com todas as sequelas advindas desta pandemia, principalmente com relação ao estado emocional e psicológico de alunos, que ficaram afastados do convívio social no ambiente escolar. Com a retomada das aulas, ainda de forma híbrida, faz-se necessário um programa de suporte emocional, que proponho ser vinculado à Secretaria de Estado da Educação, priorizando o atendimento a crianças e adolescentes com baixa autoestima, problemas emocionais e/ou transtornos mentais. Espero que este PL seja aprovado na Assembleia e sancionado pelo governador Flávio Dino o quanto antes. A população precisa realmente desta assistência", afirmou o parlamentar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário