.

Após quase quatro horas de negociações, criminosos se entregam à polícia e libertam reféns em São Luís

 



Três criminosos foram presos após uma tentativa de assalto com reféns em uma clínica nesta quinta-feira (30), na Avenida São Luís Rei de França, no bairro Turu, em São Luís. Os assaltantes se entregaram no início da noite após quase quatro horas de negociações com a Polícia Militar.

De acordo com a Polícia Militar, ao todo, 16 pessoas foram mantidas reféns pelos criminosos. Por volta das 17h, dez pessoas entre clientes e funcionários da clínica, foram liberados pelo trio.

Os bandidos mantiveram mais seis pessoas como reféns até o fim das negociações. Entre as exigências feitas pelo trio, estava a presença da imprensa e de familiares.

Reféns são liberados

Ao g1, uma testemunha que não quis se identificar, afirmou que os bandidos desligaram as câmeras de segurança e a internet da clínica, para evitar a comunicação. Esta é a segunda vez que o local é assaltado.

Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estiveram do lado de fora da clínica prestando suporte aos reféns durante as negociações. Após serem liberados, eles passaram por avaliação médica.

Os criminosos foram levados para o Delegacia de Polícia Civil no bairro Cohatrac, em São Luís. Em seguida, eles serão encaminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde vão permanecer à disposição da justiça.

Os bandidos que fizeram pelo menos 16 reféns em uma clínica no Turu decidiram se entregar à Polícia Militar.

Eles já foram encaminhados a uma viatura, e serão levados ao Plantão do Cohatrac, segundo informou o delegado Carlos Damasceno à repórter Alessandra Rodrigues, da Mirante AM.

Nenhum refém foi ferido.

Do G1 MA


Nenhum comentário: