.

Membros de associação esportiva visitam PGJ



Eduardo Nicolau recebeu integrantes da associação esportiva Grupama


O procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, recebeu, nesta quinta-feira, 4, a visita de integrantes da Associação Esportiva Grupama Maranhense, sediada em São José de Ribamar. Eles pediram a colaboração do Ministério Público para articulação com outros órgãos e instituições a fim de obter apoio para as atividades com crianças e adolescentes. O diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais, José Márcio Maia Alves, também recepcionou o grupo.

A associação promove treinos de futebol duas vezes por semana e estimula a prática esportiva como forma de prevenção da violência e do uso de drogas. Com idades de 5 a 18 anos, os atletas precisam estar matriculados no ensino regular para se integrarem à prática esportiva.

Além dos treinos, os jovens são estimulados a participarem de competições e o desempenho é mostrado para clubes de todo o Brasil, como parte do processo de seleção de talentos nas categorias de base.

Um dos participantes é o adolescente Ariel Silva, 13 anos, que após se integrar aos treinos foi selecionado para participar da Copa do Interior, em São Paulo, competição das categorias de base. “Vou dar o meu melhor nessa competição e espero no futuro poder ajudar minha família”.

O Grupama Maranhense possui núcleos nos municípios de Raposa, Paço do Lumiar, Alcântara, Santa Inês, Pio XII, Igarapé do Meio, São Luís, Santo Amaro, Icatu, Presidente Vargas, Itapecuru-Mirim, Santa Rita, Rosário, Axixá, Morros, Anajatuba, Bacabal, Pindaré-Mirim e Bela Vista do Maranhão.

TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

“O esporte tem um poder de transformação social muito grande. O Ministério Público do Maranhão soma esforços para divulgar as ações desse projeto cujo objetivo é evitar que crianças e adolescentes fiquem nas ruas”, afirmou Eduardo Nicolau.

O coordenador do Grupama, Marcos Ferreira, explicou que a a frequência e o rendimento escolar são observados para o ingresso e manutenção dos atletas nas atividades. “O Grupama vem, junto com as famílias, resgatando essas crianças que ficavam ociosas. Observamos o bom rendimento físico, mas também o bom rendimento na sala de aula”.

Além disso, o presidente da associação, Edmilson Ramalho, destacou a inserção dos atletas nos clubes e categorias de base do futebol. “Vamos fazer 10 anos e já temos 32 garotos jogando em clubes fora do Maranhão. Um grande exemplo é o Mateus, que jogou no Internacional e hoje está na Espanha. É um garoto de Paço do Lumiar. Outro exemplo é o João Vitor, que é de São José de Ribamar e joga no Ceará como atacante. Ele foi convocado para a seleção sub-17”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário