O fenômeno das notícias falsas!

 

 



Informações são fundamentais para o nosso dia a dia. Elas norteiam as nossas decisões, as nossas conversas e até o modo de vida.  Mas muita informação pode comprometer nossa capacidade de decidir corretamente até sobre qual conteúdo queremos e precisamos.

Diante da necessidade de estar informado , surgem com facilidade canais para divulgação de informações na internet e a importância que as plataformas de comunicação e relacionamento ganharam atualmente vêm impulsionando um fenômeno da difusão das chamadas fake news (na tradução livre do inglês, notícias falsas). Um conjunto de notícias divulgadas por meios de comunicação que se disfarçam de veículos jornalísticos e que compartilham informações comprovadamente incorreta para enganar seu público.

Um exemplo disso foi a onda de notícias falsas sobre o Secretário de Administração de Bacabal, Davi Brandão, onde parte das notícias eram com intuito de denegrir sua imagem e descretibilizar o seu trabalho.

Em suas redes sociais, o jovem político criou uma campanha “ #NãoEspalheOdio” com o objetivo de barrar com que as pessoas compartilhem e deem atenção às notícias falsas e mentirosas.

“Pessoal estamos na era das relações por meio das redes sociais. Aqui é espaço aberto para todos postarem o que pensam, o que sentem e o que querem!

Mas o que era para ser bom, tem se tornado um espaço de disseminação de ódio e calúnias…

Como usuário dessa rede, e como alguém que vem constantemente sendo alvo desse tipo de discurso, quero junto com vocês lutar contra esse tipo de ação. #NaoEspalheOdio esse é o meu convite para vocês.

Não deem likes, não compartilhem postagens que mentem sobre as pessoas, que desrespeitam o outro.

Vamos compartilhar coisas boas! “, escreveu Davi em suas redes sociais.

Muitos sites já existem para combater esse tipo de notícias, dando a veracidade dos fatos, mas como público, podemos ficar atentos: busque outras reportagens e outros veículos, caso não tenha  sido publicado nada na imprensa  sobre o mesmo assunto, isso pode ser um indicativo de que a história pode ser falsa. Observe o teor das informações, inclusive as manchetes que muitas vezes trazem títulos apelativos. Sempre pense de forma crítica sobre o que você leu e só compartilhe se você tiver certeza.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário